Notícias

Demis Roussos

Startup Day realizado no Sebrae/RN, em Natal

Tecnologia

17 de junho de 2019 às 11h30

Startup Day fomenta ecossistema de startups do RN

Fortalecer o ecossistema empreendedor, promover trocas de experiência, produzir e compartilhar conhecimento, gerar inovação e fomentar novos negócios. Esta foi a proposta do Startup Day, evento colaborativo promovido pelo Sebrae em todo o Brasil no dia 18 de maio. Em Natal, a sede do Sebrae foi toda ambientada para receber palestras e espaços para bate-papo. Personagens do universo cosplay, robôs, exposição de marcas e museu eletrônico também fizeram parte do mix. Jovens universitários e empreendedores, ávidos por troca de ideias e conhecimento, participaram ativamente das ações e atividades do dia.  A tecnologia da realidade aumentada também fez parte das tarefas, que premiaram os vencedores.

Cerca de 50 nomes dos cenários de startups local, nacional e internacional ministraram palestras e participaram de bate-papo com os participantes. Também foram realizadas capacitações, como é o caso dos minicursos de pitch, ministrado por Thiago Simas, e de Introdução à Linguagem PHP. No espaço Learn, o tema software livre dominou as discussões mais técnicas. João Eriberto Mota Filho ministrou palestras sobre o tema e explicou os tipos de licenças e os diretos autorais para modificação de softwares. “Em alguns casos, é possível modificar o código, fechar e vender. O TCP IP é exemplo disso”, esclareceu o palestrante, que explicou a diferença entre a filosofia do software livre e o open source (metodologia). 

A oficina ‘Descomplique-se – Como inovar na Prática’, que envolveu empresas de diversos segmentos na interação com jovens empreendedores digitais do Empreende, a incubadora tecnológica da Universidade Potiguar (UnP), chamou bastante atenção. A proposta era aproximar empreendedores digitais dos empresários tradicionais para gerar soluções inovadoras, promovendo a geração de novos negócios ou apenas levando empresas tradicionais a entrar na era da transformação digital de seus produtos e serviços. 

Sebrae fomenta ecossistema de startups na região Nordeste
Natal e João Pessoa entraram oficialmente para o mapa de startups do Brasil. A capital paraibana já conta com cerca de 90 startups. Deste total, 8% estão atuando na educação, 5% na construção civil, 3% na moda e beleza e 8% em outras áreas. Em Natal, quatro áreas são bem representadas: das 58 startups, 10% estão na área de mídia, 7% em evento e turismo, 3% no agronegócio e outros 3% em saúde e bem-estar. Em ambas capitais nordestinas, o Sebrae tem contribuído sobremaneira para fomentar e fortalecer o ecossistema destas empresas da nova economia. O Startup Day, realizado, simultaneamente, no dia 18 de maio, em todos os Sebraes do Brasil, reforçou os dados crescentes da ABStartups.   
 
Gestora do programa de Startups do Sebrae Paraíba, Danyele Raposo explica que através das ações de pré-aceleração as empresas foram estimuladas ao crescimento. Uma das características de quem quer abrir uma startup, segundo ela, deve ser a criação e entender que neste modelo de empreendimento as incertezas são recorrentes. 

Em Natal, o Sebrae foi ainda mais além e desenvolveu um espaço exclusivo para as empresas disruptivas e inovadoras: o SebraeLab. Trata-se de um ambiente que funciona como uma espécie de laboratório para aproximar empreendedores inovadores e para a remodelagem dos negócios do futuro. A estrutura serve como um 'hub' do ecossistema de startups do estado para a troca de experiências, criação de novos modelos de negócios e potencializar as conexões entre empresários tradicionais e empreendedores ligados à era digital. A estrutura física foi projetada para receber meetups, hackathons, speed mentories, ideação, reuniões de negócio, capacitação contatos com empreendedores e investidores de outros estados via videoconferência e internacionalização de negócios. 

De acordo com o gestor do Sebraelab, Carlos von Sohsten, a proposta é ter no estado um ambiente que permita o desenvolvimento de ideias inovadoras e a remodelagem de negócios, gerando conexões que possibilitem vários níveis de colaboração e coparticipação entre os empreendedores. O Sabrae tem interesse em ampliar o apoio ao ecossistema de startups em todo o Brasil. Essa é a posição do presidente do Sebrae Nacional, João Henrique de Almeida Souza. “Entendemos que, cada vez mais, teremos um atendimento e relacionamento mais digital. Por isso, já estamos trabalhando fortemente com o digital no apoio ao desenvolvimento de startups”, destaca o presidente do Sabrae, que participou da assinatura de formalização dos editais da Finep ‘Centelha’ e ‘Tecnova II’, realizado em Natal, em abril. Juntos esses editais disponibilizaram R$ 2,8 milhões para empresas, entre elas 15 startups.

 

Revista Negócios

TV NEGÓCIOS

Fórum Negócios